Victor Mattina

  • Biografia

    VICTOR MATTINA
    Rio de Janeiro, 1985.

    Vive e trabalha no Rio de Janeiro. Formado em design gráfico pela ESPM (RJ, 2008). Atualmente pesquisa relações entre delinquência e disciplina, medo e desejo, vulnerabilidade, isolamento e privação. Seu trabalho se concretiza principalmente na pintura. Realizou as mostras individuais: Delta, galeria Coscomopa, Rio de Janeiro, RJ, 2012; Dublê, Pequena Galeria da UCAM, Rio de Janeiro, RJ, 2010. Entre as exposições coletivas que participou estão: Abre Alas 16, galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, RJ, 2016; x4, Solar Grandjean de Montigny, PUC-RJ, Rio de Janeiro, RJ, 2016; Mais Pintura, Sesc Quitandinha, Petrópolis, RJ, 2015; O Mal dos Trópicos, Centro Cultural Banco Central, Rio de Janeiro, RJ, 2013.
    O artista foi recentemente selecionado para a residência do Museu de Arte da Pampulha em Belo Horizonte onde iniciou uma pesquisa inédita. Acompanhado da psicóloga Fabiane de Melo, frequentou hospitais da saúde mental e centros para práticas religiosas na capital mineira. Registrou, através de fotografias, as instalações esvaziadas da presença humana, para então produzir pinturas de espaços impossíveis a partir da fusão destes ambientes.

  • Bibliografia

    FRIGGO, Cristiane – A Pequena Epistemologia do Mal, Rio de Janeiro – 2013.

  • CV

    FORMAÇÃO ACADÊMICA:
    2004/2008_ Bacharel em Design, ESPM-RJ, Rio de Janeiro, RJ.

    RESIDÊNCIAS E PRÊMIOS
    2016_ 6ª Edição do Bolsa Pampulha – Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, MG.

    COLEÇÕES PRIVADAS:
    Adriana Varejão, Rio de Janeiro – 2016.
    Betsy Monteiro de Carvalho, Rio de Janeiro – 2013.

  • Exposições

    EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS:
    2012_ Delta – Cosmocopa Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ.
    2010_ Dublê – Pequena Galeria, UCAM, Rio de Janeiro, RJ.

    EXPOSIÇÕES COLETIVAS:
    2017_ A Luz que Vela o Corpo é a mesma que Revela a Tela – Curadoria de Bruno Miguel e Victor Mizael– Caixa Cultural, Rio de Janeiro, RJ. (prevista)
    2016_ 6ªa Edição do Bolsa Pampulha – Curadoria de Cauê Alves – Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, MG.
    2016_ x4 – Curadoria de Marcelo Campos e Efrain Almeida– Solar Grandjean de Montigny, PUC-Rio, Rio de Janeiro, RJ.
    2016_ Abre Alas 12 – Curadoria de André Sheik, Adriana Varejão and Paula Borghi – A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, RJ.
    2015_ Mais Pintura – Sesc Quitandinha, Petrópolis, RJ.
    2014_ Mais Pintura – EAV Parque Lage, Rio de Janeiro, RJ;
    2013_ Mais Pintura – Centro Cultural Justiça Federal, Rio de Janeiro, RJ.
    2013_ O Mal dos trópicos – Centro Cultural Banco Central, Rio de Janeiro, RJ.
    2013_ Siga o Coelho Branco – Instituto Cultural Germânico, Niterói, RJ.
    2012_ “Atemporal” – Espaço Atemporal, Rio de Janeiro, RJ;

  • Site do Artista

    www.victormattina.com

  • Seleção de Imprensa

    Não disponível.