Luiz Hermano

  • Biografia

    Luiz Hermano Façanha Farias, nasceu em 1954, em Preaoca, município de Cascavel, Ceará.  No inicio dos anos 70 estuda filosofia na Universidade Federal do Ceara, tem sua trajetória artística iniciada em 1977 quando realiza a primeira exposição individual no  Náutico Atlético Cearense, em Fortaleza: America Latina, lata de sardinha com texto e curadoria de Nilo de Brito Firmeza, -o Estrigas. Em 1979, já na cidade do Rio de Janeiro, dá inicio ao curso de gravura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. No mesmo ano, transfere-se para São Paulo e a convite de Pietro Maria Bardi, realiza a mostra Desenhos, no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. Em 1980 edita o álbum de gravuras intitulado O Universo. Em 1984, ao receber o Prêmio Chandon; viaja para Paris, onde realiza exposição Individual na Galeria Debret. Em 1983, participa da 5ª Bienal Internacional de Seul, e da 2ª Bienal Pan-Americana de Havana, em 1986. Na década de 1980, dedica-se, sobretudo, à pintura. Nos anos 90, desenvolve obras tridimensionais utilizando materiais diversos, como cabaças naturais, fios de cobre, arame, capacitores eletrônicos, ligas de bronze, alumínio, peças de acrílico e vários tipos de peças industrializadas, deslocadas do cotidiano. Em 1987 expõe pinturas na 19ª Bienal Internacional de São Paulo e esculturas na 21ª edição do evento, em 1991. Apresenta em 1994, a mostra Esculturas para Vestir, no Museu de Arte Moderna de São Paulo. Em 2005, participa da exposição Discover Brazil, no Ludwig Museum, Koblenz, Alemanha. Em 2008, realiza a exposição Templo do Corpo, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, sendo nesta ocasião publicado o livro: Luiz Hermano.  

    A monumentalidade na obra de Luiz Hermano, se apresenta em diversos espaços públicos. Em São Paulo, nos jardins do Museu de Arte Contemporânea da USP, Cidade Universitária; no metrô Estação República, nos jardins do Museu de Arte Moderna de São Paulo e em Recife, Pernambuco a obra Mandacaru, medindo 7 mts, encontra-se exposta no Museu Cais do Sertão. Luiz Hermano, exercita constantemente o desenho.

    O artista divide seu tempo entre o atelier e o mundo, como escreve Katia Canton: As viagens são formas de reivindicar territórios, consagrando ao artista um reservatório cada vez mais denso de experiências de mundo. Paisagens, templos, histórias de gente e de coisas vistas no caminho, tudo se acumula na espessura de um novo trabalho.

  • Bibliografia

    Não disponível

  • CV

    Coleções

    Palacete das Onze Janelas, Belem, Pará
    Coleção Assis Chateaubriant, Rio de Janeiro, RJ
    Coleção Patricia Cisneros, Caracas, Venezuela
    Biblioteca Nacional de Paris, França
    Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, RJ
    Masp, São Paulo, SP
    Museu de Arte Brasileira, Faap, São Paulo
    Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo

    Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Fortaleza, CE
    Mac, Recife, PE
    Museu de Arte Moderna de São Paulo, SP
    Mac/Ufc, Fortaleza, CE
    Mac, Curitiba, PR
    Instituto Cultural Itaú, São Paulo, SP
    Casa da Gravura, Fundação Nacional, Curitiba, PR
    Museu da Gravura da Cidade de Curitiba, PR
    Metrô de São Paulo, Estação República

  • Exposições

    exposições individuais:

    2016 Geometria Invertida, Galeria Lume, São Paulo, SP

    2015 Rede de Memórias, Galeria Amparo 60, Recife, PE

    2015 Volta ao Mundo/O Apanhador de Grãos, Prêmio Funarte de Arte Contemporânea, Belo Horizonte, MG

    2014 O batedor e a concha desenhos e objetos, Galeria Paralelo, São Paulo, SP

    2014 Ter e Ser. Roberto Alban Galeria de Arte, Salvador, BA

    2013 Perfis. Luciana Caravello Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ

    2012 Tramando Mundos. Fundação Edson Queiroz, Fortaleza, CE e Galeria Amparo 60, Recife, PE
    2010 Rede Concreta:Trama Orgânica. Galeria Arte em Dobro, Rio de Janeiro, RJ
    2010 Rio de Contas. Galeria Nara Roesler, São Paulo, SP
    2009 Extinto. Amparo60 Galeria, Recife, PE
    2009 Falso Brilhante. Galeria Referência, Brasília, DF

    2008 Templo do corpo. Pinacoteca do Estado, São Paulo
    2005 Individual. Galeria Nara Roesler, São Paulo
    2003 Ludens. Galeria Nara Roesler, São Paulo
    2002 Individual. Adriana Schmidt Gallery, Stuttgart, Alemanha

    2001 Individual. Embaixada do Brasil, Berlim, Alemanha
    2001 Individual. Paço das Artes, São Paulo
    2000 Individual. Galeria Referência, Brasília, DF
    2000 Escultura Contemporânea. Museu de Arte Moderna de São Paulo
    2000 Individual. Valu Ória Galeria de Arte, Belo Horizonte, MG

    1999 Individual. Galeria Referência, Brasília, DF
    1999 Individual. Ária Galeria, Recife, PE
    1999 Individual. Kolams Galeria de Arte, Belo Horizonte, MG
    1998 Individual. Centro Cultural, Palácio da Abolição, Fortaleza, CE
    1997 Individual. Valu Ória Galeria de Arte, São Paulo
    1996 Individual. Mosteiro Zen Budista, Morro da Vargem e UFES, Vitória, ES

    1995 Gravuras, Pinturas e Objetos. Fundação Cultural Cassiano Ricardo, São José dos Campos, SP
    1995 Individual. Joel Edelstein Arte Contemporânea, Rio de Janeiro, RJ
    1995 Luiz Hermano: objetos. Marina Potrich Galeria de Arte, Goiânia, GO
    1994 Esculturas para Vestir. Museu de Arte Moderna de São Paulo
    1993 Objetos e Gravuras. Epiphanienkirche, Charlottenburg, Berlim, Alemanha
    1992 Pinturas, Objetos e Gravuras. Galeria Montesanti-Roesler, São Paulo

    1991 Arte no Metrô: gravuras. Estação Santa Cecília, São Paulo
    1990 Imagem Objeto. Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo
    1989 Projetos para dias de chuva. Galeria Fogo Paulista; Museu da Gravura Cidade de Curitiba, PR
    1987 Astronave: Pinturas. The Brazilian American Cultural Institute, Washington, USA

    1987 Astronave: Pinturas. Art Studio, Nova York, USA

    1987 Aeroplanos: Pinturas. Arte Galeria, Fortaleza, CE

    1987 Aeronaves: Pinturas. Galeria Montesanti, São Paulo e Rio de Janeiro, RJ

    1986 Bélico: Pinturas. Unidade Dois Galeria de Arte, São Paulo

    1985 Criança: Pinturas. Paço das Artes, São Paulo

    1984 Individual. Paço das Artes, São Paulo
    1984 Gravuras e Pinturas. Galeria Debret, Paris, França

    1984 Pinturas. Arte Galeria, Fortaleza, CE

    1983 Individual. Museu de Arte e Cultura Popular, Cuiabá, MT

    1983 Gravuras e Pinturas. Fundação Cultural, Brasília, DF

    1982 Gravuras. Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo

    1982 Individual. Casa da Gravura, Curitiba, PR

    1982 Individual. Galeria ELF, Belém, PA
    1981 Gravuras. Masp, São Paulo
    1979 Desenhos. Masp, São Paulo

    1978 Individual. Galeria Credimus, Fortaleza, CE

     

    exposições coletivas:

    2016 Clube da Gravura, 1986 até 2016. Museu de Arte Moderna de São Paulo – São Paulo, SP

    2015 Bienal Tridimensional Internacional do Rio – Rio de Janeiro, RJ

    2014 Prêmio Marco Antônio Vilaça – SESI/SENAI Rio de Janeiro, RJ

    2013 Play, Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea, Rio de janeiro, RJ

    2013 Percursos. Museu de Sorocaba MAC, São Paulo

    2013 Aproximações Contemporâneas, Roberto Alban Galeria, Salvador, BA

    2013 Cotodiano na Arte – Torre Santander, São Paulo, SP

    2013 XVII Unifor Plástica, Espaço Cultural Universidade de Fortaleza, CE

    2011 Coleção Banco Itaú, Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ
    2011 Nova Escultura Brasileira, Caixa Cultural Rio,Rio de Janeiro,RJ
    2011 Proposição,Gaeria Luciana Caravello, Rio de Janeiro,RJ
    2010 Puras Misturas. Pavilhão das Culturas Brasileiras, São Paulo
    2009 Bienal do Vento Sul, Curitiba, PR
    2009 Era Uma Vez…Arte Conta Histórias do Mundo,CCBB, São Paulo
    2008 Poéticas da Natureza. Museu de Arte C ontemporânea da USP
    2008 Arte pela Amazônia . Museu de Arte Contemporânea da USP
    2007 80/90 Modernos e Pós Modernos, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo
    2006 Volpi e as heranças contemporâneas. Museu de Arte Contemporânea da USP
    2005 Maco: México Arte Contemporânea, Cidade do México
    2005 5º Edição Bienal do Barro. Memorial da América Latina, São Paulo
    2005 Discover Brazil, Ludwig Museum, Koblenz, Alemanha
    2004 A Pintura Reencarnada. Paço das Artes, São Paulo

    2004 Faxinal das Artes. Curitiba, PR

    2004 O orgânico em colapso. Valu Ória Galeria de Arte, São Paulo
    2002 Faxinal das Artes, Curitiba, PR
    2002 O Orgânico em Colapso. Valu Oria Galeria de Arte, São Paulo
    2002 The Thread Unravelled. Malba, Buenos Aires ,Argentina

    2001 O Fio da Trama. Museo del Barrio, Nova York, USA
    2001 I Simpósio Internacional de Escultura do Brasil. Brusque, SC
    2001 Caminhos da Forma. Sesi-Museu de Arte Contemporânea da USP

    2000 Final do Milênio: os anos 90 no Acervo MAM. Museu de Arte Moderna de São Paulo

    2000 Obra Nova. Museu de Arte Contemporânea da USP
    1998 Salão Nacional, Rio de Janeiro, RJ
    1998 Leões e Dragões. Centro Dragão do Mar,  Fortaleza, CE
    1997 United Artists III, Luz. Casa das Rosas, São Paulo
    1997 15 Artistas Brasileiros. Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, RJ
    1996 15 Artistas Brasileiros. Museu de Arte Moderna de São Paulo
    1996 Viva Brasil. MAC Santiago, Chile

    1993 I Bienal de São Paulo: Prêmio Gunther. São Paulo

    1994 Cadernos de Artista. Livraria Belas Artes, São Paulo e Fundação Cultural de Curitiba, PR
    1992 Gravadores do Século XX. Biblioteca Nacional de Paris, França

    1992 Arte Brasileira. Fundação Moreira Salles, Poços de Caldas, MG

    1992 De Bonnard a Bazelitz: mestres da gravura do século XX. Biblioteca Nacional de Paris, França

    1992 A Sedução dos Volumes: os tridimensionais do MAC. Museu de Arte Contemporânea da USP

    1992 Arte Brasileira na Coleção Anos 70, 80, 90. Museu de Arte Contemporânea da USP

    1991 XXI Bienal Internacional de São Paulo. Fundação Bienal de São Paulo

    1991 Pinturas e Objetos. Workshop Brasil Alemanha (mostra itinerante)

    1990 Panorama da Arte Atual Brasileira sobre Papel. Museu de Arte Moderna de São Paulo

    1990 Objetos. Galeria Casa Triângulo, São Paulo

    1990 Gente de Fibra: esculturas. Sesc Pompéia, São Paulo

    1990 Armadilhas Indígenas: esculturas. Masp, SP; Funarte, RJ e Museu de Arte, Brasília, DF

    1990 II Bienal de Gravura de Amadora. Portugal

    1990 Nove Artistas. Adriana Penteado Arte Contemporânea, São Paulo

    1989 Artistas: pinturas. Museu de Arte de São Paulo
    1987 XIX Bienal Internacional de São Paulo. Fundação Bienal de São Paulo

    1986 II Bienal Panamericana de Havana. Havana, Cuba

    1986 Seleção de Arte Jovem: Helena Rubinstein. Masp

    1985 Unidade 2 Galeria de Arte, São Paulo

    1984 Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna de São Paulo

    1984 VI Mostra de Gravura. Casa da Gravura Solar do Barão, Curitiba, PR
    1984 I Bienal Latino Americana de Gravura. Curitiba, PR

    1984 Salão Nacional de Arte Contemporânea. Rio de Janeiro, RJ

    1984 XII Salão de Arte Contemporânea. Paço Municipal, Santo André, SP

    1984 Prêmio Chandon de Arte e Vinho. São Paulo

    1983 V Bienal Internacional de Seoul. Coréia do Sul

    1982 V Salão Nacional. Funarte, Rio de Janeiro, RJ

    1982 IV Mostra de Desenho Brasileiro. Curitiba, PR

    1982 V Mostra Anual de Gravura. Casa da Gravura, Solar do Barão, Curitiba, PR

    1982 Coletiva de Gravura. Lisboa, Portugal; Madri, Espanha e Paris, França
    1981 IV Salão Nacional de Artes Plásticas. Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, RJ
    1981 IV Bienal Internacional de Seoul. Coréia do Sul

    1981 III Mostra de Desenho Brasileiro. Curitiba, PR

    1981 38º. Salão Paranaense. Teatro Guaíra, Curitiba, PR

    1981 IV Mostra Anual da de Gravura. Casa da Gravura Solar do Barão, Curitiba, PR

    1981 V Bienal del Grabado. San Juan, Porto Rico

    1981 XIV Salão de Arte Contemporânea. Casa das Artes Plásticas Miguel Dutra, Piracicaba, SP
    1980 I Salão de Arte Contemporânea, São Paulo

    1980 III Salão Nacional. Funarte, Rio de Janeiro, RJ

    1980 III Salão Nacional de Artes Plásticas. Museu Nacional de Belas Artes, RJ

    1980 III Mostra de Gravura. Casa da Gravura Solar do Barão, Curitiba, PR
    1980 Desenho Jovem. Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo

    1980 VIII Salão Nacional do Ceará. Fortaleza, CE

    1979 Arte Fantástica. Paço das Artes, São Paulo

    1979 Salão de Abril. Fortaleza, CE

  • Site do Artista

    www.luizhermano.com.br

  • Seleção de Imprensa

    Não disponível