Bruno Miguel

  • Biografia

    Bruno Miguel

    Nasceu no Rio de Janeiro, em 1981, cidade onde vive e trabalha. Formou-se em artes plásticas e pintura pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 2009. Fez diversos cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Em 2007, realizou a exposição Homenagem à pintura contemporânea, sua primeira individual, na Vilaseca Assessoria de Arte, Rio de Janeiro. Recebeu Menção Honrosa Especial na V Bienal Internacional de Arte SIART, em La Paz, Bolívia, também em 2007. No mesmo ano, ganhou bolsa da Incubadora Furnas Sociocultural para Talentos Artísticos. Participou da exposição Nova Arte Nova, apresentada no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, em 2008, e em São Paulo, no ano seguinte. Em 2009, participou novamente da Bienal de La Paz, e da mostra Nouvelle Vague, na galeria Laura Marsiaj Arte Contemporânea. Em 2010 participou das mostras Tinta Fresca , na galeria Mariana Moura em Pernambuco, do Salão de artes de Itajaí, e da mostra Latidos Urbanos no MAC de Santiago, Chile. Realizou, no Rio de Janeiro, as exposições individuais Spring Love, no Largo das Artes, em 2010, e Have a Nice Day!, na Luciana Caravello Arte Contemporânea, em 2011. Neste ano, também participou das mostras Nova Escultura Brasileira, na Caixa Cultural, Rio de Janeiro, e Fronteiriços, nas galerias Emma Thomas, São Paulo, e Luciana Caravello Arte Contemporânea. Em 2012, participa da mostra Novas Aquisições – Gilberto Chateaubriand no MAM e GramáticaUrbana, no Centro de Arte Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro, além da Individual DVCO, NON DVCOR, na galeria Emma Thomas em São Paulo.Em 2013 apresentou em dupla com Alessandro Sartore a exposição Ex-culturas no Museu da República. Em Nova Iorque, apresentou a individual Make Yourself at Home, na S&J Projects, além de participar das coletivas Sign of the Nation e Etiquette for a Lucid Dream em Newark. Ainda nesse ano apresentou a individual “Tudo posso naquilo que me fortalece” na galeria Luciana Caravello e “Todos à Mesa” na galeria Emma Thomas em São Paulo. Em 2014, participa da coletiva Encontro dos mundos e Tatu: Futebol, Adversidade e Cultura da Caatinga no MAR – Museu de Arte do Rio de Janeiro. Em 2015, realiza a individual Sientase em casa na Sketch Gallery em Bogotá. Vem atuando como curador junto a um grupo de jovens pintores, no projeto Mais Pintura desde 2013. Deu aulas, em 2010, na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e é professor da Escola de Artes Visuais do Parque Lage desde 2011.

    Resumo da pesquisa

    Bruno desenvolve desde 2004 sua pesquisa em torno da construção e da representação da paisagem na contemporaneidade, atuante em diversas linguagens, o mesmo elege a pintura como tema principal de sua rotina obsessiva de produção. Nos últimos anos as questões acerca da paisagem começaram a dar lugar a uma investigação maior da pintura como linguagem e suas interfaces na vida cotidiana contemporânea. Mas acima de qualquer retórica que Bruno desenvolva para justificar suas opções, a verdadeira força de sua pesquisa está no trabalho. Não na obra em si, mas na labuta do atelier, onde sua curiosidade e inquietação fazem com que sua pintura se mantenha em transformação. Onde suas compulsões buscam erros ansiosos por soluções imprevisíveis, tão generosas que se escondem por trás do deslumbre banal das imagens fáceis.  Sua pesquisa é um tipo de pós-pop periférico, sempre relacionando alta e baixa cultura. Uma maquiagem vulgar e exuberante que superficialmente disfarça sua condição de eterna busca pela beleza. Não da pintura, mas do pintar.

  • Bibliografia

    Não disponível

  • CV

    Formação:

     

    Formado em Lic. em Ed. Artística / artes plásticas e Pintura na Escola de Belas Artes da UFRJ.
    Cursos livres com Marcio Botner, Bob N, Franz Manata e João Magalhães no Parque Lage.
    Curso de extensão em arte contemporânea da Escola de Belas Artes da UFRJ – Projeto SERTÂO 2- com o artista Sebastien Perroud (França), no Parque das Ruínas, Santa Tereza, 2006.
    Cursou a Incubadora FURNAS de Jovens Artistas 2007 / 2008.
    Assistente de Carlos Zílio desde setembro de 2006.
    Curso de Bio-Arquitetura no TIBÁ –Tecnologia Intuitiva e Bio-Arquitetura. Bom Jardim RJ, 2008.
    Cursou o Aprofundamento – 2010 da EAV do Parque Lage.

    Professor na Escola de Belas Artes da UFRJ em 2010.
    Professor na EAV Parque Lage desde 2011.

    Prêmios e Bolsas

    Menção especial de honra V Bienal Internacional de La Paz, Bolívia

    Bolsa da Incubadora Furnas de Jovens Talentos 2007/2008

     

    Residências

    Dreamplay Artists in Residence – Fall 2013. Lyndhurst – Estados Unidos

     

    Coleções Institucionais

    MAR – Museu de Arte do Rio de Janeiro

    Espaço ECCO – Brasilia

    Coleção Gilberto Chateaubriand – MAM- RJ

    Deutsche Bank Collection

     

    Coleções Privadas

    Coleção Luiz Chrysostomo

    Ana Eliza e Paulo Setúbal

  • Exposições

    Individuais

    2005 – O Vazio e o Conceito / Espaço EBA 7. Rio de janeiro.

    2006 – “Negação?” ou “Pintura?” / Espaço EBA 7. Rio de janeiro.

    2006- CARA A TAPA / galeria da EAV Parque Lage. Rio de janeiro.

    2007 – Homenagem à Pintura Contemporânea / Vilaseca Assessoria de Arte. Rio de Janeiro.

    2010 – Spring Love / Largo das Artes.  Rio de Janeiro

    2011 – Have a nice day! / Luciana Caravello arte contemporânea. Rio de Janeiro

    2012 – Dvco, Non Dvcor. / Galeria Emma Thomas. São Paulo

    2013 – Ex-culturas  / Galeria do Lago, Museu da República. Rio de Janeiro

    2013 – Make Yourself at home / S&J Projects. New York

    2013- Tudo posso naquilo que me fortalece /Luciana Caravello Arte Contemporâna. Rio de Janeiro

    2014 – Todos à mesa. / Galeria Emma Thomas. São Paulo

    2015 – Sientase em casa / Sketch Gallery. Bogotá

    2015 – A Cristaleira / Oi Futuro. Rio de Janeiro

    2015 – Essas pessoas na sala de jantar/ Paço Imperial. Rio de Janeiro

    2016 – A Viagem Pitoresca / Centro Cultural da Caixa Econômica Federal. Curitiba

    Coletivas

    2002 – Mostrarte II / espaço cultural da Universidade Estácio de Sá, campus Tom Jobim. Rio de Janeiro.

    2003 – Mostra de Artes Plásticas da III Bienal da UNE / Centro de conferências. Pernambuco.

    2003 – XIII salão da Escola de Belas Artes. / Instituto dos Arquitetos do Brasil. Rio de janeiro

    2005 – Mostra de Artes Plásticas da IV Bienal da UNE. / Fundação Bienal. Ibirapuera. São Paulo /2005

    2005 – Novíssimos 2005 / galeria de arte Ibeu.  Rio de janeiro.

    2005 – Imaginário Periférico / Galeria 90 Arte Contemporânea. Rio de janeiro.

    2006 – Faixa Seletiva / centro cultural Paschoal Carlos Magno. Niterói.

    2007 – Mostra de artes plásticas da V Bienal da UNE. / fundição Progresso. Rio de Janeiro.

    2007 – I Mostra LIVE de Vídeo Universitário / Escola de Belas Artes. Rio de Janeiro.

    2007 – PROJETO SERTÃO 2 / Parque das Ruínas. Rio de Janeiro.

    2007 – MAC Vazio / Museu de Arte Contemporânea.  Niterói.

    2007 –  IMAGINÁRIO PERIFERICO LONGA METRAGEM / Observatório de Favelas. Rio de Janeiro.

    2007 – Projeto GERINGONÇA / SESC Tijuca.  Rio de Janeiro.

    2007 – Das e Sobre as Ruas / SESC Madureira. Rio de Janeiro.

    2007 – Diminuindo as Distâncias / Ministério das Relações Exteriores. Brasília.

    2007 – V Bienal Internacional SIART – Bolívia

    2007 – Museo Nacional Tambo Quirquincho,

    2007 – Museo Costumbrista,

    2007 – Museo de Etnografia y Folklore,

    2007 – Espaço Simon y Patino. Bolívia. La Paz.

    2007 – Uma Odisséia no Parque / Parque Lage. Rio de Janeiro.

    2007 – I Coletiva Bienal da escola de Belas Artes / Castelinho do Flamengo. Rio de Janeiro.

    2008 – Abre alas 2008 / Largo das Artes. Rio de Janeiro.

    2008 – SangueNovo / Museu Bispo do Rosário de Arte Contemporânea. Rio de Janeiro.

    2008 – Diminuir as Distâncias / Galeria de Arte Casarão. Viana, Espírito Santo.

    2008 – IN SITU/ Barracão Maravilha. Rio de Janeiro.

    2008 – Zoation Painting – La Pintura de Broma / Museo Nacional de La Paz. La Paz, Bolívia.

    2008 – NOVA ARTE NOVA / CCBB-Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo.

    2008 – Ação entre amigos / Galeria Laura Marsiaj. Rio de Janeiro.

    2009 – Iluminando o novo – Largo das artes. Rio de janeiro.

    2009 – Nouvelle Vague – Galeria Laura Marsiaj. Rio de Janeiro.

    2009 – Iluminando o novo – Galeria de Furnas. Rio de janeiro.

    2009 – OCUPAÇÃO – CasaCor – Jockey Club. Rio de Janeiro.

    2009 – VI Bienal Internacional SIART – Bolívia  / Museo Costumbrista. La Paz.

    2010 – SESC ARTE 24H – Armazém 4 Cais do Porto. Rio de Janeiro.

    2010 – KXA PRETA – Espaço Ápis, Rio de Janeiro.

    2010 – Tinta Fresca – Galeria Mariana Moura, Pernambuco.

    2010 – ] entre [ – Galeria Ibeu. Rio de Janeiro.

    2010 – Além do Horizonte – Galeria Amarelonegro. Rio de Janeiro.

    2010 – Salão Nacional de Artes de Itajaí – Centreventos. Itajaí – Santa Catarina.

    2010 Latidos Urbanos – Museo de Arte Contemporâneo. Santiago Chile.

    2010 – Entre-vistas – Parque Lage. Rio de Janeiro.

    2011 – Proposições – Luciana Caravello arte contemporânea. Rio de Janeiro.

    2011 – Fronteiriços – Galeria Emma Thomas. São Paulo.

    2011- Luciana Caravello Arte Contemporânea. Rio de Janeiro.

    2011 – ArteForum – Fórum UFRJ. Rio de Janeiro.

    2011 – Nova Escultura Brasileira – Centro Cultural da Caixa. Rio de Janeiro.

    2012 – E os amigos sinceros também – Galeria de Arte Ibeu. Rio de Janeiro

    2012 – Gesto Amplificado – Centro Cultural da Caixa Econômica Federal. Rio de Janeiro e São Paulo

    2012 – Gramática Urbana – Centro Cultural Helio Oiticica. Rio de Janeiro

    2012 – Novas Aquisições – Coleção Gilberto Chateaubriand – MAM. Rio de Janeiro

    2012 – Panorama.Terra – Consulado da Argentina – Rio de Janeiro

    2012 – Eu Vira Convida – Eu Vira. Rio de Janeiro

    2013 – Etiquette for a lucid dream. – The Gateway Project, Pen Station – Newark

    2013 – Sign of the Nation – Solo(s) Projects House – Newark

    2014 – Encontro dos Mundos – MAR Museu de Arte do Rio de Janeiro

    2014 – À Deriva da Palavra e do Silêncio – o lugar do pintor – Espaço ECCO. Brasília

    2014 – Tatu: Futebol, Adversidade e Cultura da Caatinga – Museu de Arte do Rio de Janeiro.

    2015 – Trio Bienal – Museu Histórico Nacional do rio de janeiro.

    2016 – Benvinda, a 1ª. Coletiva – Galeria Murilo Castro – Belo Horizonte MG

     

  • Site do Artista

    www.brunomiguel.com.br

  • Seleção de Imprensa

    Não disponível

Bruno Miguel, “Morro do Polke” – Série Móveis paisagens, Isopor, espuma de poliuretano, papel marche, resina acrílica, porcelana fria, arame, partes de móveis, 162 x 95 cm, 2011.

Bruno Miguel, “Morro do Polke” – Série Móveis paisagens, Isopor, espuma de poliuretano, papel marche, resina acrílica, porcelana fria, arame, partes de móveis, 162 x 95 cm, 2011.